Dilma e sua representação feminina incômoda

E a ausência de respeito mínimo para com a mulher, a mãe, a avó, a idosa, a presidentA do Brasil por quase seis anos Concordo com os dois textos (A máquina misógina e o fator Dilma Rousseff na política brasileira e Presidenta Dilma, politicamente violentada e invejada) da Marcia Tiburi, sobre como o machismo e … Continue lendo Dilma e sua representação feminina incômoda

Como (se) identificar (como) um coxinha

Desde as eleições de 2014, duas frentes políticas populares e superficiais se destacaram: Os "coxinhas" e os "petralhas". O assunto parece velho, mas ainda movimenta discussões, gerando, ora ódio, ora ignorância, ora "amor", exceto, tolerância. Ambas as diretrizes são carregadas de preconceitos, julgamentos e cegueiras. E tem muita gente que veste a carapuça ou aponta … Continue lendo Como (se) identificar (como) um coxinha

O “eu” e o “meu meio” no discurso político contemporâneo

Meu Facebook é vermelho. É praticamente comunista. Em tempos do discurso do “eu” e “meu” (eu viajei, eu fiz, eu fui, eu tenho, meu gato, meu cachorro, meu filho, minha mãe), a sociedade que nos entorna é exatamente a que a gente escolhe. É um espaço construído por cada um, por cada internauta. Amigos são … Continue lendo O “eu” e o “meu meio” no discurso político contemporâneo

Política, religião e as lacunas da hipocrisia

Ele, kardecista-cristão, doutrinador, evangelizador de jovens e adultos, difusor da prática da caridade como instrumento da evolução humana. É personalidade marcante do centro espírita onde palestra e oferece "passes espirituais", espécie de tratamento pontual para a "limpeza da alma", o despertar da bondade, do amor ao próximo, da paciência e do otimismo. Um ser em … Continue lendo Política, religião e as lacunas da hipocrisia

13 erros da esquerda contemporânea

1 - Acreditar que o PT, atualmente, ainda é um partido de esquerda. É quase que uma crença infantil. O Partido dos Trabalhadores tem uma linda história de esquerdismo e resistência, porém, com o passar do tempo, ao atingir o seu objetivo (o poder), ou foi compelido a fechar alianças conservadoras e anti-progressistas, ou entregou mesmo … Continue lendo 13 erros da esquerda contemporânea

Hannah Arendt e o julgamento líquido

Em 1962, Otto Adolf Eichmann,  alto oficial nazista, era julgado no tribunal de Israel por crimes contra a humanidade, dentre outras acusações. A audiência tomava uma proporção sensacionalista com precedentes de fúria, por parte do povo oprimido na época, em sua maioria, os judeus.   A imprensa do mundo todo ganhava cadeira cativa para acompanhar de perto … Continue lendo Hannah Arendt e o julgamento líquido

Violência urbana: a chaga da exclusão

 Na verdade, este post é uma carta a um amigo, vítima de assalto aos seus equipamentos de trabalho, que me tocou quando disse que "...não faz diferença nenhuma se um cara que me roubou morrer, por acidente ou pela polícia..." e que "...o assalto é uma questão de opção... vender bala na rua ninguém quer? Trabalhar … Continue lendo Violência urbana: a chaga da exclusão

A ditadura civil de cada dia

Eu que nasci nos anos finais da ditadura militar, percebo que hoje em dia ainda sobra um pouquinho de ditadura no sangue, talvez no gene, de cada brasileiro. A perseguição de um indivíduo a outro, seguida da proibição aleatória do que o incomoda, leva a um surto involuntário de autoritarismo sobre algo ou expressão que o … Continue lendo A ditadura civil de cada dia