Paulistano Puto

Sou Um solitário paulistano Como outro qualquer   Sou do subúrbio, morro acima E aqui em cima não tem mané   Um comportado cidadão Ressabiado com aquele fardado ralé   Todo cuidado é pouco Menino já nasce soldado Um modelo asfalto   Churrasco na laje, samba no prato, pipa no alto, sem tempestade   Apresento-lhe … Continue lendo Paulistano Puto

As manhãs de Páscoa

Conte as manhãs de páscoa, as manhãs dois corpos as manhãs de Corpos Christi, as manhãs no Rio as manhãs de frio severo, as tardes quentes são mais quentes sem alguém, as noites são tristes tristes com também mas depois se olhe no espelho... veja o que é você.   Agora pare, pense, pese, o … Continue lendo As manhãs de Páscoa